Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Somos o que comemos

IMG_4457.JPG

Aqui em casa andamos em mudanças. A tentar dar um certo ânimo e qualidade à alimentação de todos. Evitar coisas cheias de químicos, conservantes e coiso e tal. A reduzir (muito) o consumo de carne, seja encarnada ou branca. A contar o açúcar dos alimentos, porque ele está em todo o lado e acabamos a ingerir muito mais do que o recomendado. A diversificar as receitas, para que não seja tudo sempre tão sensaborão. Dá trabalho? Algum. Mas estou a tentar levar a coisa para o lado do prazer. "Ora vamos lá empenhar-nos num prato bonito e saudável que nos dê gosto a todos". E tem sido mesmo bom ouvir os elogios. 

Ontem fiz um caril de peixe que estava mesmo bom. E esta granola caseira, que comemos hoje ao pequeno-almoço. 

 

Estou a ler o livro do Manuel Pinto Coelho "Chegar Novo a Velho" e vi dois documentários há pouco tempo que me deixaram um nó na garganta. "Jamie's Sugar Rush", do Jamie Oliver, e "What The Health", de Kip Andersen. Este último não consegui ver até ao fim, tive de interromper porque estava agoniada, e não sei, sinceramente, se conseguirei voltar a comer carne. O pior? O pior é que o mal não está só na carne, está em TODO o lado. E às tantas olho para as opções e juro que não sei para que lado me virar. 😳

66 comentários

Comentar post

Pág. 1/3