Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Vírus, again

Ontem, nas Amoreiras, em pleno Cacao Sampaka, pequena Madalena abriu a boca e largou-se a vomitar como se não houvesse amanhã. Vomitou, vomitou, vomitou... tudo para cima de mim. A pessoa com quem eu estava foi amorosa e levantou-se para ir buscar guardanapos. Eu não consegui fazer nada. Tinha vomitado até às cuecas e, nessa triste figura, fico com bastante dificuldade em pensar, sequer.
Pequena Mada passou o resto do dia a fazer diarreia e a noite toda cheia de febre, que teima em não baixar grande coisa, mesmo com benurons.
Hoje já encheu várias fraldas e parece um pequeno pássaro, sempre deitada e sem se mexer. Emagreceu muito. E está branquinha. E geme.
Estúpido vírus, peço-te: não infectes mais ninguém. Porque limpar vomitado de bebé é uma coisa... limpar vomitado de dois magarefes que já comem comida a sério é outra! E eu tenho um estômago sensível.
Obrigada. Ah, e se te puderes pôr a mexer rapidamente eu agradeço.

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.