Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

A diversidade do mundo

Na sexta-feira entrevistei um moço tão vegano, tão vegano, que não se senta à mesma mesa com pessoas que "comem cadáveres". Eu, distraída, pedi um iogurte, e ele olhou-me com reprovação, explicando depois que as pobres vacas são engravidadas só para produzirem leite, que os seus filhos são-lhes retirados para fazerem vitela, e que depois lhes estimulam a produção de leite até ao infinito, com todos os sofrimentos e mal-estar inerentes. Eu, ignorante, fiquei com o iogurte na garganta, preso, o sacana não descia nem à força.
Isto foi na sexta.
No sábado fui a um casamento em que, a certa altura, apagaram as luzes, puseram uma música triunfal e entrou um porco numa liteira carregada por dois homens, e o bicho tinha cravadas umas tochas a arder, e no final houve pessoas a aplaudir e a fazer "Yeah!"

É fabulosa a diversidade. Fabulosa.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.