Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Agradecer

O Mateus tem pedido para me deitar um bocadinho com ele antes de adormecer. Ontem, quando estava lá deitada ao lado dele e da Mada, ela pediu-me para rezar. Rezámos o Pai Nosso (que ela sabe de cor) e depois tentei ensinar-lhe a Avé Maria. Quando disse "agora e na hora da nossa morte" ela percebeu "agora é a hora da nossa morte" e ainda nos fartámos de rir, cruzes credo, esperemos que não! Em seguida, elencámos o melhor e o pior do dia. Para ela, o melhor foi a aula de Inglês porque a professora "é mesmo espectacular". O pior foi uma aula em que estiveram a fazer as apresentações um a um e "foi uma seca". Depois, o Mateus.

- O melhor foi o recreio.

- Ah, pois! Porque estiveste a brincar?

- Não, porque comi pão. Pão, pão, pãozinho! 

(este miúdo tem alma de gordo, não há volta a dar)

No final, agradecemos a sorte que temos. E adormecemos os três.

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 18.09.2019

    Alma,não, ele é gordo!
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 19.09.2019

    Que gente de merda é esta que é capaz de chamar gordo a uma criança?!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.