Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Contra a exclusão


O Martim tem uns dragões com que gosta muito de brincar. No outro dia partiu uma asa a um, sem querer. Veio, de beiço estendido, mostrar o bicho manco de asa. E eu, apostando sempre numa educação inclusiva, enalteci o dragão desasado, disse que era lindo, só com uma asa, diferente dos outros e especial, por isso mesmo.
Não resultou. O Martim, sempre que brinca com os dragões, põe de lado o dragão deficiente. E isso é triste. E eu vou combater a exclusão aqui em casa de todas as formas possíveis. Porque hoje é um dragão de plástico e amanhã pode ser uma pessoa de carne e osso. Macacos me mordam (ou dragões, vá) se eu não faço destes dois rapazes dois bons homens, e dela uma mulher como deve de ser!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.