Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Histórias Viradas do Avesso

Acabou de nascer o meu novo livro. Chama-se "Histórias Viradas do Avesso" e estou mesmo feliz com ele. Está mesmo querido, muito por culpa da Célia Fernandes, que fez umas ilustrações mesmo catitas para as minhas histórias malucas. Um grande beijinho para ela e parabéns pelo bom trabalho!

Como nem todas as pessoas que me lêem aqui acompanham o meu Instagram, passo a explicar um pouco como nasceu este novo "filho".

Um dia, já nem sei bem como, pensei: será que consigo criar histórias para crianças e lê-las no Instagram, naquele minuto único que a rede social nos permite para fazermos vídeos? (bom, claro que depois há o IGTV e as Stories mas a ideia era mesmo cingir ao 1 minuto que se pode ter no Feed). Vai daí e comecei a inventar histórias, a escrevê-las e a lê-las, em vídeo. Leio à noite, como se fossem histórias daquelas que se lêem antes dos miúdos irem para a cama, e leio-as com o Mateus e a Mada ao meu lado, captando as expressões naturais de quem está a descobrir uma história pela primeira vez. Chamei a esta rubrica "Histórias num Minuto".

À medida que ia fazendo isto, houve quem começasse a pedir para que reunisse todos os contos num livro. "Para quando um livro com estas histórias?" era quase sempre a pergunta em todos os vídeos. A editora Zero a Oito gostou da ideia e vai daí... nasceu este livro com mais de 50 destas histórias curtinhas, mas quase sempre com uma lição. A minha ideia é mostrar que todos temas, mesmo os que podem ser considerados mais sensíveis, são na verdade tão simples que podem ser abordados num único e singelo minuto. Nós, os adultos é que tendemos a complicar. Da igualdade de género ao racismo, passando pela deficiência, sem esquecer a homossexualidade, o divórcio, o medo, a maldade, a falta de tempo, o vício dos telemóveis, a falta de auto-estima... tudo isto e muito mais é abordado neste livro, em histórias que podem efectivamente ser lidas num minuto, mas que ganham ainda mais se forem lidas com outro fôlego, e ainda mais ganham se puderem ser conversadas a seguir. Também podem ser lidas duas ou três ou mais de seguida, porque são mesmo curtinhas e, assim, sempre se prolonga mais um pouco aquele momento gostoso entre pais e filhos (ou avós e netos, ou seja quem for que vai ler as histórias às crianças).

E pronto. Ele aqui está. À venda das livrarias e grandes superfícies e também na Wook. Lindinho de sua mãe. 

IMG_3777.jpg

Em breve digo quando e onde será o lançamento. Gostava muito de vos ter por lá. 

3 comentários

Comentar post