Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Insónia

E o trabalho para a revista Nós? E a outra reportagem, ainda tão atrasada? E o relatório da boneca Mali (uma boneca que cada criança do colégio do Martim traz para casa num fim-de-semana e depois regressa à escola com uma história escrita pelos pais e com fotos, e nós ainda não fizemos nada e alguns pais fazem questão de fazer verdadeiros livros com fotos dos filhos ao lado da Mali, e nós enxovalhadíssimos)? E tirar os miúdos do colégio, daqui a dois anos, o que me vai custar? E se eu me prostituísse para que eles continuassem (brincadeirinha)? E o programa de rádio, que vou gravar amanhã e que está tão atrasado? E pedir à Joana mais dois CDs da Viagem da Cegonha, que afinal são precisos três? E o Manel que precisa de cortar o cabelo? E ainda não fez os trabalhos. E na sexta, sempre vou a Odemira? E fazer os contactos? E os álbuns de fotografias, quando é que os actualizo, para que os mais novos não digam que o Manel foi um privilegiado e blá-blá-blá? E o presente do Ricardo, que não tarda faz anos? E a nossa festa de 10 anos de casamento? E se eu propusesse mais uma reportagem para...? E aquelas pessoas que me enviaram um email a que eu ainda não consegui responder?

E foi assim que, às cinco da manhã, os meus olhos não conseguiram voltar a fechar-se. A Madalena acordou, dei de mamar e depois... o meu cérebro entrou em espiral. Eu bem tentei insultá-lo e mandá-lo dormir mas o gajo... tá quieto. Às vezes juro que não sei como é que aguento fazer tanta coisa ao mesmo tempo sem tar o tilt. Hoje sinto que não aguento muito mais. Amanhã já está tudo bem outra vez.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.