Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Manel tenta perceber as mulheres

Manel: - Hoje a  I. começou a namorar com o N. e começaram aos beijos assim mesmo a sério, como os adultos. Nunca tínhamos visto nada assim, no 6º ano.
Eu: - Humm. E que tal é esse N.?
Manel: - É... eu não sou lá grande apreciador de homens, mãe, mas... não é feio. É rebelde.
Eu: - Hummm.
Manel: - Agora a C. está mais aliviada porque gosta do C. e, como ele gostava da I. e agora a I. está com o N., a C. deve ter esperança que o C. ainda fique com ela..
Eu: - Humm. E que tal é o C.?
Manel: - É bué rebelde. Aliás, não sei o que se passa mas as raparigas só gostam dos rapazes rebeldes. Não percebo qual é o interesse mas só esses é que lhes interessam.

É. E depois queixam-se que lhes partem o coração e que só arranjam relações de caca.
É esperar que se cansem, Manel. É esperar.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.