Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Medo

"Temos muitos medos. De quê? Temos medo que nos magoem, temos medo da humilhação. Temos medo de falhar e temos medo do sucesso. Temos medo da solidão e temos medo das relações. Temos medo de ouvir o que os nossos corações nos dizem. Temos medo de ser infelizes e de ser demasiado felizes. Temos medo de não ter a aprovação dos nossos pais e temos medo de nos aceitarmos como somos realmente. Temos medo da doença e da sorte. Temos medo da nossa inveja e da abastança. Temos medo de alimentar esperança de conquistar coisas que depois podemos não conseguir. Temos medo da mudança e temos medo de não mudar. Temos medo que alguma coisa má aconteça aos nossos filhos, aos nossos empregos. Temos medo de não ter controlo e temos medo do nosso próprio poder. Temos medo de quão breve é a nossa vida e do tempo infinito em que vamos estar mortos. Temos medo de que, depois de morrer, não tenhamos sido relevantes. Temos medo de ser responsáveis pelas nossas próprias vidas. Por vezes leva tempo até assumirmos os nossos medos. Especiamente perante nós próprios."

Lori Gottlieb, "Maybe You Should Talk to Someone".

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.