Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

O jantar do lançamento

A seguir ao lançamento do cocó (fica sempre bem dizer isto assim, parece que andámos todos a atirar bostas nas ventas uns dos outros), fomos jantar ao restaurante Terreiro do Paço (que fica, para quem não sabe, no próprio do Terreiro do Paço, como o nome já estava mesmo a fazer adivinhar).
Foi um jantar para família, apresentadores (o JMT não pôde ir porque tinha uma festa da escola de um dos filhos) e editoras. E não podia ter corrido melhor. Já lá tinha ido há algum tempo mas sabe sempre bem voltar. O espaço é muito giro, aquele mapa mundo feito com postais é absolutamente maravilhoso, a comida 5 estrelas, o atendimento idem.




Começámos por umas caipiroscas, logo ali na antecâmara, para relaxar. Eu estava mesmo a precisar de descomprimir e soube-me pela vidinha. E que boa que estava! Só de falar nisso já me apetecia uma, e só são dez da matina.
Depois, o jantar propriamente dito: a sopa estava divinal. Imagino que tivesse muita batata e natas e tudo aquilo que eu não posso comer. É que se as sopas que habitualmente ingiro com esforço e nariz tapado tivessem aquele sabor... eu já seria uma top model. Podia perfeitamente alimentar-me apenas daquela sopinha, palavra de honra.
Seguiu-se um rabo de boi estufado com esmagada de batata e espinafres. Hummmmm....
E a sobremesa, bolo de chocolate, terminou em beleza.



Infelizmente acho que nunca mais nos vão lá deixar entrar. As crianças, que eram 7, fizeram um bocado de barulho (apesar das nossas ameaças, gritos, olhares, dedos espetados). Afinal, tinham estado fechadas na Fnac durante algum tempo, caladinhas e quietas, e toda a gente sabe que os putos, depois de um tempo de contenção desarvoram como aves doidas. 

Mas foi uma bela forma de encerrar com chave de ouro um dia que foi tão especial para mim. Com boa comida, bom vinho, brindes e conversas gostosas e gargalhadas.
E pronto. Foi assim que aconteceu. 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.