Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

O Poço da Cidade*

Por causa de um trabalho que vai sair na Time Out da próxima semana, liguei ao jornalista Appio Sottomayor. Queria pedir-lhe ajuda, a ele que é um estudioso e apaixonado por Lisboa, a ele que já por mais de uma vez me ajudou não dizer disparates quando me ponho a falar da minha cidade.
Liguei-lhe e, como sempre, ele deslumbrou-me ao desfiar conhecimentos, um atrás do outro, com uma graça rara, com a leveza de quem conta um conto. Appio Sottomayor sabe. Sabe muito. Lisboa está na palma das suas mãos e eu fico entre a inveja de saber tão pouco e o deslumbramento de o ouvir perguntar "E sabe de onde vem a expressão 'Andar a nove'?", para de seguida começar a explicar, como se fosse um avô a ler uma história a uma criança. Em dez minutos aprendi imenso. Sobre galegos e "meias desfeitas", sobre os bifes do Faustino, sobre as obras de Santa Engrácia, sobre outras expressões, como o "Ficar a ver navios".
E quando desliguei fiquei a pensar que me faz falta, que nos faz falta, a nós jornalistas novos, umas boas conversas com os jornalistas de outros tempos, que sabem tanto, que viram tanto, que viveram tanto. Fazem falta, em todas as redacções, homens e mulheres com memória. Mesmo que se quisessem reformar (e não fossem, como tantas vezes acontece, compulsivamente reformados - ou, pior, despedidos), era contratá-los como consultores. Para os ouvir, para aprender com a sua memória. Mas não. Os jornalistas de hoje tendem a desprezar a chamada "velha guarda". É pena. Talvez devessem, todos, ligar ao Appio. Talvez assim, em apenas 10 minutos, compreendessem o quão importante é ouvir quem já viveu. E quem sabe.


*O Poço da Cidade era o nome de uma crónica lisboeta que Appio Sottomayor teve, durante anos, no extinto jornal A Capital. O Poço da Cidade é também o nome de dois volumes de livros, que são, justamente, a reunião dessas crónicas.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.