Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Os meus leitores são os melhores do mundo (pelo menos para mim)

Ontem publiquei um post sobre a dificuldade que por vezes tenho em ajudar o Martim com os trabalhos de casa e não têm ideia da quantidade de emails que recebi de pessoas que, de imediato, se prontificaram a oferecer os seus préstimos, fosse como explicadores, fosse mostrando soluções que resultaram nas suas casas, nas suas vidas, ou apenas enviando uma palavra amiga, de conforto, do tipo "sei bem o que isso é porque também já me aconteceu".
Sentir este carinho deixa-me mesmo comovida, a sério. Sentir que há por aí quem queira ajudar, se acaso estivermos em apuros, faz bem à alma. Gostar de pessoas, mesmo sem as conhecer, é esquisito. Mas é bom, também. Restaura uma certa fé na Humanidade, que às vezes se vai perdendo.
Obrigada, queridos leitores.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.