Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Party time!

Ontem foi um daqueles dias em que me senti no olho do furacão. Acordámos, fomos para a escola da Mada com um bolo na mão, cantámos os parabéns na sala dela, fomos embora, eu fui fazer compras várias, seguiu-se o Continente, depois fiz o bolo de aniversário dela (a forma com o número 4, que comprei para os 40 anos do Ricardo, fez ontem um novo brilharete), arroz doce a rodos, vesti-me, saí para a festa de fim de ano dela, voltámos para casa, fizemos o jantar e pusemos a mesa. A família veio para jantar e éramos 19! Estava uma noite fantástica e jantámos no terraço. Pusemos música alto, os miúdos andaram fora e dentro com os amigos da vizinhança... enfim, uma animação que acabou já depois das 2 da matina. Foi tão bom que quase arriscaria dizer que foi the best party ever, no terraço, só com tios, primos e avós.

A aniversariante com um vestidinho lindo da Maria Concha

Hoje... acordámos muito cedo. A culpa não foi dos miúdos. Foi dos Furbies! Sim... no plural. A Madalena tinha pedido um Furby para presente de aniversário. O Martim tinha pedido um Furby de presente de fim de ano. Acabámos por oferecer os dois ontem porque foi o dia de anos dela e o último dia de aulas dele. Os bichos são mesmo fofos e interagem imenso mas raios os partam que basta um movimento um bocado mais agitado e eles acordam. E quando acordam... não há quem não os oiça!
Bom, mas também não dava para dormir mais porque a festa para os amiguinhos da escola estava marcada para as 10.30. Odeio marcar festas para de manhã mas achei que saltar em insufláveis à tarde, com este calor, era capaz de ser um bocado criminoso para os desgraçados dos miúdos. E não me enganei. Às 12h já estava um calor de ananases e os miúdos transpiravam que nem umas torneiras. Mas ela adorou. O seu Luís não faltou. Quando chegou e lhe entregou o presente, pequena Mada olhou de soslaio para a mãe de outra coleguinha da escola e exclamou: «Ele adora-me!»




Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.