Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Pedido de desculpa

Algumas pessoas ficaram incomodadas com a última foto que postei, do queixo aberto do meu filho. Agora, a frio, acho que têm razão. E removi-a do blogue. Eu aguentei olhar aquela ferida, aguentei fotografá-la porque ele me pediu (ainda não a tinha visto e queria vê-la), aguentei ver o médico fazer os pontos, e ainda aguentei vir aqui e postá-la, naquele momento maluco em que eu não era bem eu, era mais um ser de capa e espada, autómato frio e insensível, que age sem pensar. Peço desculpa se vos incomodei. Não era essa a minha intenção. Queria apenas mostrar o que aconteceu, como é que um acidente doméstico, tão estúpido, uma queda de 3 degraus pode fazer tanto estrago. Agora que voltei a mim, que sou de novo pessoa, sem capa, sem espada, sem heroísmo de espécie alguma, agora penso que não havia necessidade. Espero que compreendam (pelo menos os que me interessam, os que gostam de cá vir, que para os outros estou-me positivamente nas tintas).

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.