Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Quente e frio

Nó na garganta no aeroporto, hoje. Um nó que, não sendo meu, posso imaginar como seria se fosse meu. O que me vale é ter um colega de trabalho assim... como dizer?... pouco dado ao sentimento. É o equilíbrio perfeito: ele frio, eu quente. Se ele fosse como eu a manhã de hoje, e muitas outras manhãs e tardes e noites que temos passado juntos em trabalho, seriam uma lamechice pegada. Assim, ele quebra a tensão com o seu humor ácido. E eu não me deixo resvalar na minha mariquice.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.