Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Sorrir sempre

O meu pai hoje teve uma das suas saídas carregadas de humor mas, simultaneamente, de uma beleza metafórica que me deixou a pensar. Disse que vai na quinta-feira ao dentista, saber quanto custará arranjar os dentes, que estão a precisar de alguma reforma. E concluiu:
- É que queria morrer como vivi. A sorrir.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.