Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Ver bem para aprender bem

Por mais que me custe, é uma evidência. As férias estão a acabar e Setembro está mesmo, mesmo ao virar da esquina. Só de pensar nisso embrulham-se-me as entranhas, fico com um humor de rato e sinto alguma vontade de fugir para Luang Prabang com a família e ficar lá, a viver da pesca, ou assim. Mas como é pouco provável que me passe mesmo da cabeça e vire as costas a tudo, o melhor é ir começando a preparar-me para o embate. Vem aí o regresso às aulas, vem aí mais um ano de trabalho, não tarda nada é Natal, e lá vem a chuva e o frio, e depois, muito mais depressa do que todos gostaríamos (pela absoluta voragem do tempo) é de novo verão e voltam de novo as férias, num ciclo que se quer infinito enquanto cá andamos.

Booooom. Mas falando em regresso às aulas, nunca é demais relembrar que esta é uma boa altura para verificar como está a visão dos nossos filhos. A visão tem, como sabemos, um papel crucial no sucesso escolar e na confiança das crianças. Não ver bem para o quadro implica que os apontamentos surjam incompletos, que se perceba apenas parte da matéria, que se vá ficando para trás sem sequer se compreender porquê (muitas vezes nem os pais nem os professores se lembram que tudo pode ter origem na visão).

É fácil perceber que os miúdos não se apercebam de que talvez não vejam bem. Se uma criança vê mal há algum tempo, essa é a sua realidade. Ou seja, para ela ver do modo como vê é o normal. Como pode ela saber que àquela distância do quadro era suposto que visse as letras todas? Quem diz as crianças diz os adultos! Nunca me esqueço do que o meu sogro disse quando finalmente passou a usar óculos. Estava à mesa, olhou para o prato, e exclamou: "Eishhhh! O arroz é tão grande!!!!" De tanto ver os bagos de arroz minúsculos, acreditou que eles eram efectivamente assim. 

Também é importante dizer a todos os miúdos que, se por acaso tiverem de usar óculos, não há cá complexos ou tristezas! Malta: usar óculos é cool! Até há quem os use sem graduação, como acessório. Definitivamente, hoje há tantas armações tão giras e diferentes que não há como não encontrar o modelo certo para se ficar mesmo bem. 

Em Setembro, a MultiOpticas vai olhar pelos pais e pelos filhos com a oferta da armação na compra de lentes e, claro, com as consultas de optometria grátis, como sempre. Assim, é fazerem o rastreio, perceberem se há por aí olhos a precisarem de ajuda e depois... aproveitarem esta ajuda. Porque toda a gente sabe que Setembro não é um mês fácil. 

E agora vou enfiar a cabeça na areia, que ainda tenho uns dias antes de voltar a bater com os costados na vida real. 

cool.jpg

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.